Notícias

Ingressos da Copa: o contribuinte banca

Presidente usa ingressos do Banco do Brasil para levar família a jogo. Representantes do MDIC foram a jogos com familiares usando ingressos comprados por um órgão vinculado à pasta, a Apex-Brasil.
Filipe Coutinho | Folha de São Paulo
07 de julho de 2014 às 10:38

Dois dirigentes da cúpula do Banco do Brasil foram à abertura da Copa, em São Paulo, a título de "representação institucional" da empresa. Aproveitaram e levaram junto familiares para assistir a partida entre Brasil e Croácia.


O presidente do BB, Aldemir Bendine, usou ingressos comprados pela instituição para levar a mulher e uma filha, segundo a Folha apurou. O banco tem o governo federal como principal acionista.


Bendine ciceroneou convidados como clientes VIPs, a exemplo do que faz a concorrência. No total, o pacote de marketing tinha 30 entradas.


Pelas regras do banco, é liberada a ida para "participação institucional", desde que o convite venha "de entidade pública estadual ou municipal, ou das empresas do conglomerado". A norma não diz nada sobre familiares.


O vice-presidente corporativo Antônio Maurício Maurano viu o mesmo jogo, com um acompanhante, no camarote da Cielo –fornecedora de serviços como as máquinas de pagamento em cartão. A empresa tem o banco como um dos principais sócios.


Em nota, o BB diz que os dois estiveram no jogo como representantes do banco e não comenta a ida de parentes.


O caso não é um fato isolado. Segundo a "Veja" desta semana, representantes do Ministério do Desenvolvimento foram a jogos com familiares usando ingressos comprados por um órgão vinculado à pasta, a Apex-Brasil (agência de promoção de exportações). Entre eles, o ministro Mauro Borges e assessores.


O ministério diz que autoridades, entre elas o ministro, "foram escaladas para colaborar no esforço" de promoção comercial do Brasil.


Por se tratar de ocasião "social e de representação político-institucional", diz, os convites prevêem acompanhante, em geral familiar de primeiro grau ou equivalente. 


Leia mais em:

http://www1.folha.uol.com.br/poder/2014/07/1481814-dirigente-usa-ingressos-do-banco-do-brasil-para-levar-familia-a-jogo.shtml

Sou associado
E-mail ou Usuário(ID):
Senha:
Fórum da AUDITAR
 
Consultoria Jurídica
Twitter   Facebook   RSS
AUDITAR © 2019
Total de visitas: 4.651.793 (Desde 06/2010)