Notícias

Conheça a estratégia que pode levar ao corte de até 25% do seu salário

Auditar
20 de fevereiro de 2020 às 16:20

Os polêmicos comentários do ministro da Economia, Paulo Guedes, contra os servidores públicos podem camuflar uma estratégia obscura de desmobilização e fragilização do serviço público e das lutas de classe no país. Em um verdadeiro jogo de manipulação, Guedes lança a sociedade contra os servidores, disseminando a raiva, as tensões entre as categorias e a intolerância.

 

Na última semana, o ministro teceu comentários falaciosos e pejorativos ao comparar os servidores públicos a “parasitas”, gerando a desmotivação do quadro funcional e a manipulando da opinião pública contra os servidores.

 

Os comentários, que a princípio foram avaliados como um despreparo por parte do ministro, podem esconder, na verdade, uma estratégia para fragilização do serviço público por meio da disseminação do preconceito, da hostilidade e do desenvolvimento de um sentimento de raiva da sociedade para com os servidores.

 

Com isso, o governo ganha espaço para aprovação de uma das propostas mais injustas e prejudiciais ao serviço público – A Proposta de Emenda à Constituição 186/2019, em tramitação no Senado, que prevê, entre outras coisas, a redução de até 25% dos salários dos servidores, mediante redução compulsória da jornada de trabalho.A medida será um golpe de misericórdia rumo à precarização do serviço prestado à sociedade.

 

Nesse momento é importante união e mobilização. A Auditar alerta aos associados e demais colegas que estejam prontos para atuar no Congresso Nacional, pois a previsão de corte de 1/4 da remuneração dos servidores é real e tramita no Senado a passos largos, atingindo todos os poderes.

 

Sou associado
E-mail ou Usuário(ID):
Senha:
Fórum da AUDITAR
 
Consultoria Jurídica
Twitter   Facebook   RSS
AUDITAR © 2019
Total de visitas: 4.716.583 (Desde 06/2010)