Notícias

Piauí ainda tem uma obra para a Copa. E ela está 2% pronta

Hoje abandonada, a obra de R$ 200 milhões não deve ficar pronta nem para a Olimpíada de 2016.
UOL
14 de novembro de 2014 às 14:51

A construção da Vila Olímpica de Parnaíba, no Piauí, virou uma espécie de símbolo de tudo o que deu errado na preparação do Brasil para a Copa do Mundo de 2014. Idealizada em 2008 para servir como centro de treinamento para seleções que viriam ao país para o torneio, a vila parou de ser construída quando estava 2% concluída por causa de problemas apontados pelo TCU (Tribunal de Contas da União). Hoje abandonada, a obra de R$ 200 milhões não deve ficar pronta nem para a Olimpíada de 2016.


O projeto deu tão errado que virou destaque negativo de um relatório anual do próprio TCU sobre todas as obras fiscalizadas pelo órgão durante este ano. Das 102 ações avaliadas pelo órgão em 2014, quatro apresentaram indícios de irregularidade grave e receberam uma recomendação de paralisação. Entre essas quatro, está a obra da Vila Olímpica de Parnaíba (cidade a 336 km da capital Teresina).

De acordo com o TCU, a construção começou sem um estudo de viabilidade técnica e econômica. Por isso, deve parar.


A recomendação foi enviada na quarta-feira (12) para o Congresso Nacional. Os parlamentares, agora, vão decidir se acatam a sugestão do tribunal de contas e suspendem mesmo o projeto.

 

A construção da vila olímpica é uma iniciativa do governo do Piauí e é executada pela Fundespi (Fundação de Esportes do Estado). Em 2010, o projeto ganhou o apoio do governo federal depois que o Congresso aprovou uma emenda ao Orçamento da União destinando recursos à obra.

 

Ao todo, o governo federal comprometeu-se em investir R$ 14,6 milhões na obra da vila olímpica. Desse valor, R$ 2,1 milhões (cerca de 14% do prometido) já foram liberados, em 2012. Isso, entretanto, foi suficiente para que a construção superasse sua fase inicial.

 

O projeto da vila previa a construção de um estádio, um ginásio, quatro quadras de tênis, duas de vôlei e uma quadra poliesportiva, além de pista de caminhada (veja vídeo abaixo). Hoje, nada disso começou a tomar forma. A obra da Vila Olímpica de Parnaíba não passou da terraplenagem. Não deve servir nem para o treinamento de atletas brasileiros ou estrangeiros para a Olimpíada de 2016.

 

http://esporte.uol.com.br/ultimas-noticias/2014/11/14/obra-da-copa-no-piaui-esta-2-pronta-e-vira-exemplo-negativo-do-torneio.htm

Sou associado
E-mail ou Usuário(ID):
Senha:
Fórum da AUDITAR
 
Consultoria Jurídica
Twitter   Facebook   RSS
AUDITAR © 2019
Total de visitas: 4.651.754 (Desde 06/2010)