Notícias

'Protestos' utilizam manifestantes de aluguel

'Manifestantes' recebem R$ 35 para ir a ato a favor de Dilma em São Paulo. Entre as pessoas contratadas para segurar balões estão imigrantes que não falam português.
Cristiane Agostine | VALOR ECONÔMICO
13 de março de 2015 às 12:44

Dezenas de manifestantes já começaram a se reunir na Avenida Paulista, na cidade de São Paulo, nesta sexta-feira, onde haverá à tarde um ato organizado por sindicatos e movimentos sociais como CUT e MST em defesa da democracia e da manutenção de Dilma Rousseff na Presidência da República. Perto do prédio da Fundação Cásper Líbero, pessoas com um balão gigante da CUT nas mãos afirmaram ter recebido R$ 35 para participar da manifestação.

 

É o caso de Edmilson Barbosa, desempregado, que viu na participação do ato desta sexta um "bico" para ajudar em sua renda. Barbosa disse que um ônibus pegou os trabalhadores no bairro do Brás e os levou até a Paulista. Entre as pessoas contratadas para segurar balões estão imigrantes que não falam português.

 

(...)

 

Leia mais em:

http://www.valor.com.br/politica/3952318/manifestantes-recebem-r-35-para-ir-ato-favor-de-dilma-em-sp

 

 

Sou associado
E-mail ou Usuário(ID):
Senha:
Fórum da AUDITAR
 
Consultoria Jurídica
Twitter   Facebook   RSS
AUDITAR © 2019
Total de visitas: 4.651.755 (Desde 06/2010)