Notícias

LEONARDO DA VINCI: A NATUREZA DA INVENÇÃO

Exposição apresenta 40 objetos que mostram a genialidade do grande artista e inventor
TCU
09 de julho de 2015 às 19:15

Protótipos foram criados a partir dos esboços deixados por Da Vinci, há mais de 500 anos.

Na mostra, será possível conhecer o trabalho de engenheiro e pensador de um dos homens mais brilhantes da história.

 

 

Para alguns, ele teria sido o maior gênio que a raça humana já produziu. Pintor, escultor, cientista, matemático, engenheiro, anatomista, arquiteto, botânico, poeta, músico e, sobretudo, inventor. Difícil encontrar uma área que não tenha sido estudada pelo italiano Leonardo da Vinci (1452-1519). Agora, a faceta do engenheiro, pensador e inventor poderá ser conferida na exposição LEONARDO DA VINCI: A NATUREZA DA INVENÇÃO, que o TCU apresenta de 22 de julho a 27 de setembro. Na qual será possível vislumbrar o quanto Da Vinci esteve à frente de seu tempo. Abertura oficial dia 21, terça-feira, a partir das 19h. Leonardo da Vinci é autor de algumas das imagens mais icônicas da história da humanidade.


São dele as pinturas mais celebradas do mundo – a Mona Lisa (1517), que há mais de cinco séculos intriga o espectador com seu sorriso enigmático, e A Última Ceia (1495-1498), que engendrou no imaginário mundial a cena de como teria sido a última refeição compartilhada entre Jesus e seus apóstolos. Mas o que o espectador vai poder conhecer na exposição LEONARDO DA VINCI: A NATUREZA DA INVENÇÃO é o trabalho visionário do grande artista-engenheiro do século XV.


A mostra reúne mais de 40 objetos, concebidos segundo rascunhos e desenhos deixados pelo artista. As peças foram produzidas em 1952, por ocasião das comemorações do quinto centenário de nascimento de Leonardo da Vinci e somente agora estão sendo vistas na América Latina. Na exposição, será possível ver, por exemplo, o equipamento projetado pelo inventor para permitir a respiração debaixo d’água (um antepassado do traje de mergulho atual), reproduções de máquinas voadoras (Da Vinci foi um precursor da aviação, criando peças a partir do estudo da anatomia dos pássaros), veículo semelhante a um tanque de guerra, estudos sobre submarinos, anatomia humana, projetos de cenografia e muito, muito mais.

 

A EXPOSIÇÃO

 

LEONARDO DA VINCI: A NATUREZA DA INVENÇÃO apresenta um conjunto fascinante de projetos, desenhos e maquetes que fazem parte do acervo do Museo Nazionale della Scienza e della Tecnologia Leonardo da Vinci (MUST), situado em Milão, na Itália. A mostra chegou ao Brasil graças a uma parceria do Sesi-SP, da Universcience (organização francesa criada em 2010 a partir da fusão Cidade da Ciência e da Indústria e do Palácio da Descoberta de Paris) e do TCU. Antes de São Paulo e Brasília, passou por Paris e depois Munique.


A exposição apresenta mais de 40 peças e dez instalações interativas que convidam o público a se integrar ao universo de Da Vinci – o espectador poderá, por exemplo, ver sua imagem projetada dentro de um desenho de Leonardo, na obra Journey into a drawing. Ainda que cópias, as obras revelam um pouco mais da figura precursora de Da Vinci e de seus inventos.


Dividida em sete módulos temáticos, a mostra aborda campos de estudo e trabalho: Introdução; Transformar o movimento; Preparar a guerra; Desenhar a partir de organismos vivos; Imaginar o voo; Aprimorar a manufatura; e Unificar o saber, que conectam história, emoção, conhecimento, educação e cultura.


A maior parte das invenções de Da Vinci nunca saiu do papel. Outras, foram essenciais para o trabalho de seu tempo, como a grua com 4,5 metros de altura e 500kg, projetada por Leonardo para a construção da cúpula da Catedral Santa Maria del Fiori (Florença/Itália). Somente com esta grua é que a imponente esfera de cobre, a mais de cem metros de altura,pode ser construída. Entre os destaques estão obras que representam todas as vertentes do legado davinciano: estudos sobre o automóvel, avião, submarino, bicicleta, paraquedas, mecanismos do relógio, entre outros.



TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO


Esse espírito inovador de Leonardo da Vinci tem inspirado as ações do Tribunal de Contas da União. Inovação tem sido a palavra de ordem, uma verdadeira marca do TCU. O foco é aprimorar suas fiscalizações, que englobam recursos federais aplicados em todo o Brasil. Para isso, precisa estar em constante evolução, modernização, à frente de seu tempo. Big data, mineração de dados e auditorias preditivas e prescritivas são novas ferramentas que exemplificam a incessante busca do TCU pela inovação.

 

Sou associado
E-mail ou Usuário(ID):
Senha:
Fórum da AUDITAR
 
Consultoria Jurídica
Twitter   Facebook   RSS
AUDITAR © 2019
Total de visitas: 4.648.275 (Desde 06/2010)